No Arizona, EUA, uma mãe ficou devastada, quando os médicos lhe asseguraram que o estranho comportamento e sofrimento de seu filho foi por causa de um transtorno do espectro do autismo (TEA).

Diana e seu marido têm cinco filhos, mas, no início, o comportamento errático do filho não parecia se afastar do “normal” de um menino de 8 anos. Ele tinha dificuldade em aprender na escola, não se socializava com os colegas e às vezes se comportava mal em público.

Em uma entrevista com a NTD, Diana disse: “Eu já tinha tido outro filho, então eu sabia que ele era diferente, mas dei desculpas para que todos fossem diferentes; ele vai amadurecer mais tarde; ele tem muitos caprichos. Mas, eu sabia que havia algo mais e que não era uma criança muito feliz. Eu só sabia que eu estava lutando com formas de vida em geral “.

Quando ele foi diagnosticado com autismo aos 6 anos de idade, ela percebeu que suas piores suspeitas se tornaram realidade. Além disso, Brady havia desenvolvido uma grande intolerância ao glúten, o que complicou ainda mais sua vida.

No entanto, uma luz iluminaria suas vidas novamente, quando, em 2013, Diana começou a aprender a disciplina de meditação Falun Dafa (também conhecida como Falun Gong).

Dois anos depois que a família começou a praticá-lo, seu filho de 8 anos mudou e tornou-se mais sociável, contente e feliz. Porque o Falun Dafa é uma prática espiritual que encoraja seus praticantes a serem sinceros, compassivos e tolerantes.

“Junto com os cinco exercícios da prática e com os valores centrais da Verdade, Compaixão e Tolerância, há a ideia de colocar os outros em primeiro lugar. Os princípios foram incríveis para mim e realmente me deram uma boa base do que eu preciso mudar na minha vida”, diz Diana.

Diana começou a ensinar a todos os filhos essa nova disciplina que lhes ocorrera e, embora pensasse que Brady seria o último a entender a prática, decidiu que ele também deveria participar.

“Eu pensei que ele não iria entender. E, também achava que a ideia de “colocar os outros em primeiro lugar” não era algo que ele pudesse entender, nem ele seria capaz de ser paciente o suficiente para fazer os exercícios “, lembra a mãe de Brady.

Então, ela primeiro mostrou os exercícios para sua filha de 6 anos de idade. Surpreendentemente, Brady também estava interessado e começou a fazer os exercícios, junto com elas.

Brady não apenas aprendeu os exercícios, mas também começou a ler o livro principal do Falun Dafa, Zhuan Falun, que guia o praticante a viver de acordo com altos padrões morais.

“Eu aprendi rapidamente que, depois de todos esses anos desafiadores eu pensei conhecer esse garoto e suas habilidades, o que ele pode e não pode fazer, o que irá desencorajá-lo, todos os seus limites, etc. Mas, obviamente, eu não sabia nada sobre o espírito desse menino e sua determinação”, confessa Diana.

Depois de começar a praticar, foi observado que Brady, definitivamente, ama o Falun Dafa. “Eu sabia que havia serenidade nessa prática, mas não conseguia explicar. Eu sabia que estava certo, mas ele não se importou em dizer por que ou como. “

Poucos meses depois de fazer os exercícios e ler o Zhuan Falun, Brady se tornou uma pessoa completamente diferente. Além disso, sua severa sensibilidade ao glúten desapareceu milagrosamente. Sua recuperação em todos os aspectos deixou todos surpresos.

Brady foi capaz de prestar atenção na aula e foi capaz de manter contato visual adequado com seus professores e outras pessoas. “Ele estava muito feliz. Ele era mais razoável, ele estava pensativo. Ele se tornou mais sociável na escola”, diz Diana.

“A melhor parte dessa mudança é que ele ainda é ele mesmo, mas apenas mais feliz.” “É como se finalmente fosse ‘desbloqueado’.”

Enquanto conduzia a si mesmo, com os princípios básicos do Falun Dafa de “Verdade, Compaixão e Tolerância”, ele foi capaz de entender melhor os outros e se colocar no lugar de outros.

Graças ao Falun Dafa, Brady está se tornando uma pessoa saudável e feliz, e sua família se sente imensamente abençoada pelas mudanças positivas nele.

Agora, Brady não está mais sob nenhuma terapia ou medicação e desfruta da vida como outras crianças. “Ele tem, agora, 12 anos e está ao meu lado nessa prática, e nós crescemos juntos para entender nossas vidas e nosso propósito”, conclui Diana.

Crédito da foto: Facebook | NYCC Falun Dafa

Nota do Editor: O Falun Gong ou o Falun Dafa é uma prática de cultivo da mente e do corpo que ensina a Verdade, a Compaixão e a Tolerância como uma forma de melhorar a saúde e o caráter moral, bem como para alcançar a sabedoria espiritual. Para mais informações sobre a prática ou fazer o download do livro Zhuan Falun, visite: www.falundafa.org. Todos os livros, as músicas dos exercícios, recursos e instruções estão disponíveis gratuitamente.

Fonte: www.ntd.tv

Share
Categorías: Portuguese


Video Destacados

Ad will display in 09 seconds

DESTACADAS Ver más