Uma avó se surpreendeu, quando o neto contou que ela estava comemorando, há 25 anos, o 4 de Julho, vestindo uma camiseta que não era da bandeira dos Estados Unidos, mas de um país latino-americano.

Ela achava que aquela camisa era uma representação artística da bandeira dos Estados Unidos e sempre a usava, durante a celebração da independência daquele país, celebrada em 4 de Julho.

Esta é a celebração mais importante do país, onde fazem churrascos em família, desfiles são feitos e são lançados fogos de artifício, entre outras atividades.

Seu neto, Dale Cheesman, percebeu o “erro” de sua avó, durante a intervenção do Panamá no mundo do futebol que, atualmente acontece na Rússia. Quando viu a bandeira do Panamá, este jovem percebeu que sua amada avó havia sido enganada por mais de 25 anos.

“Minha avó vestiu a mesma camisa vermelha, branca e azul com estrelas para celebrar o dia 4 de Julho por mais de 25 anos. Todo ano, ela coloca a mesma camiseta”, explicou Cheesman em uma mensagem em sua conta no Twitter.

“Graças à Copa do Mundo, finalmente percebemos que é a bandeira do Panamá. Mais de 25 anos de traição”, diz ele no twit.

Seu neto publicou a história no Twitter, que provocou um mar de comentários dos usuários. Enquanto alguns convidam a avó para o seu país, outros brincam tratando-a como traidora.

“Diga a sua mãe que ela é convidada para um domingo de manhã em minha casa”, escreveu giyoncé / @astridbennett.

“Sua avó é tão linda, diga a ela que pode visitar o Panamá, quando quiser”, respondeu Giuliana 🦊  / @Giulii

O usuário Samantha / @Sam__Dea brincando a trata como traidora.

Enquanto outros analisaram as reais intenções da avó por trás do suposto “erro”:

“Eu acho que sua avó é inteligente, ela provavelmente sabia e estava sempre testando as habilidades de observação e conhecimento de geografia das pessoas”, disse outro usuário.

Share
Categorías: Portuguese


Video Destacados

Ad will display in 09 seconds