Cola é um cão vira-lata de Bangkok, que foi vítima da amputação de suas patas dianteiras nas mãos de um homem sem alma. No entanto, ele está caminhando novamente, graças a próteses customizadas, semelhantes às do campeão paraolímpico sul-africano, Oscar Pistorius.

Quando Cola perdeu as pernas da frente, havia um homem que teve pena dele. Um aposentado britânico, chamado John Dalley, que vive na Tailândia há vários anos.

Adotou o cão e levou-o para a estância balnearia de Phuket, no sul do país, famosa pela sua praia de areia branca.

Com o tempo, vendo que Cola realmente precisava de suas patas dianteiras, decidiu recorrer a uma empresa local especializada em próteses humanas para fazer um par de próteses para substituir as pernas dianteiras de Cola.

Dalley diz que “essas próteses leves proporcionam um melhor equilíbrio do que um modelo anterior, que era mais pesado”.

“É incrível como os cães se adaptam rapidamente”, diz Dalley, entusiasticamente. Além de Cola, tem mais oito cães.

Felizmente, a tragédia que aconteceu com  Cola levou a uma associação criada por Dalley, chamada “Soi Dogs” (soi em tailandês significa rua), dedicada a ajudar cães de rua.

 “Queríamos obter próteses que não fossem muito pesadas, um pouco flexíveis ao nível da pata”, explicou Teddy Fagerstrom, diretor sueco do laboratório.

Fagerstrom espera que o caso de Cola, que segundo John é o primeiro cão a usar próteses semelhantes às dos atletas paraolímpicos, sensibilize os tailandeses quanto à conveniência de recorrer a próteses de alta tecnologia num país, onde as pessoas com deficiência tendem a esconder-se.

Share
Categorías: Portuguese


Video Destacados

Ad will display in 09 seconds

DESTACADAS Ver más